13/06/2014

Crônica e conto: qual a diferença?

Ao contrário do que o Anônimo comentou na postagem anterior, não esqueci do blog. Na realidade, esse blog está em uma parte tão grande do meu cérebro que vou pro trabalho pensando no que postar, no que eu tenho que fazer, mas depois esqueço. Só pra avisar: tem duas entrevistas vindo por aí. Uma é com uma leitora (já está pronta, só estou esperando ela me enviar a capa de seu livro), e a outra será com a Lycia Barros #divas.
Maaaaas, como a vida é bela e curta demais para enrolações, vamos logo ao que interessa. Afinal, quais são as semelhanças e diferenças entre uma crônica e um conto?
Confesso que eu sei meio por cima o que é cada um (não é nada menos que minha obrigação saber disso, hehe), mas para não deixar uma postagem muito vaga, pesquisei sobre o assunto. Colocarei os links que me auxiliaram no final do post. Sem mais delongas, ao que interessa.

--> Crônica: Uma narrativa que se sustenta de fatos ocorridos no cotidiano. Sua leitura flui de forma agradável e interativa, permitindo ao leitor uma identificação pessoal com o acontecido. Normalmente, sua narração é em primeira pessoa, assim, o autor consegue transmitir o que pensa e sente para aquele que lê, de forma satírica e bem-humorada. São textos curtos, e por serem em 1ª pessoa, não há a necessidade de uma linguagem mais rebuscada.
Caso queira ler boas crônicas, a literatura brasileira é bem rica nesse quesito, apresentando grandes nomes, como Fernando Sabino, Machado de Assis, Luis Fernando Veríssimo, Moacyr Scliar, Lygia Fagundes, dentre diversos outros.

--> Conto: Assim como a crônica, é uma narrativa, só que concentrada em apenas um acontecimento. Pode ser baseado em fatos verídicos, ou invenções da mente do autor. Suas origens vêm dos tempos antigos, quando os contos eram narrados de uma pessoa para outra. O foco da narração pode ser tanto na primeira, quanto na terceira pessoa.
Tem um espaço e tempo, normalmente pequenos, poucos personagens, mas com personalidades bem construídas e detalhadas. A narrativa normalmente se centra em apenas um dilema, capaz de produzir no leitor as sensações desejadas pelo autor.

Resumindo:
Para ilustrar melhor, veja aqui um exemplo de crônica, da Mariana Godoy, do blog Diário Ciumento. E aqui um de conto, dos Irmãos Grimm.

Links que me ajudaram nessa pesquisa: Slide shareBrasil Escola/Crônica e Brasil Escola/Conto.
__________________________________________________________________________
Só para avisar que toda sugestão é bem vinda (dúvidas também, hehe). Até a próxima, bom final de semana para vocês.

Nota Editada: Votem no livro "Não foi Suicídio!", concurso da Young Editorial para publicação. Votação irá até dia 10/09/2016. Ajudem uma pobre autora, rsrs. 

47 comentários:

  1. obrigado pela explicação,se eu tiver algo interessante te digo... parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ebaaa, obrigada Anônimo <3

      Até mais, beijos.

      Excluir
  2. Juliana ! você pode me ajudar preciso de um nome para o meu livro mas não consigo um bom ! Obrigada por ler ! Beijos *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii, Isa! Entre em contato por e-mail, rs.
      E caso ajude, fiz uma postagem sobre: http://ser-escritora.blogspot.com.br/2014/06/ser-escritor-escolha-do-titulo.html

      Beijos.

      Excluir
    2. Gostei de vossas. Explanaçoes sobre o conto cronica ,continue a nos elucidar,

      Excluir
  3. Esse post foi bem explicativo, Ju! Não gosto de escrever crônicas, pois não acho fácil ter aquele senso humor crítico que todo cronista tem. Então, prefiro continuar com meus contos que são meus xodós hahahaha Beijinhos, StarGirlie.

    www.babistargirlie.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hehehe, é, e haja senso de humor, viu :v
      Mas gosto do seu jeito dramático de escrever <3

      Abraços.

      Excluir
  4. Nossa, obrigada pela ajuda! Mas ainda não sei se meus textos são contos ou crônicas :C (embora o nome do blog seja Contos de Branca). Preciso que algum profissional me diga hhaha

    Contos de Branca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahah, as vezes confunde mesmo, pode parecer crônica pelo estilo, mas tem jeito de conto, e vice-versa.
      Irei visitar seu blog.

      Até mais.

      Excluir
  5. Olá, boa explicação. Quero me aventurar por este mundo literário escrevendo um pouco. Mas primeiro quero estudar um pouco mais todos os gêneros. Te convido a visitar meu Blog de Leitura. marilise.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mary!

      São gêneros fascinantes ;)

      Até mais, e aventure-se.

      Excluir
  6. Ótima explicação!
    Estou amando seu blog, não paro de ler. :)
    Sucesso! :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Natasha!

      Muito obrigada, espero que continue a ler meus devaneios, hehe.

      Abraços.

      Excluir
  7. Nossa, gostei mt da explicação, algo simples que deu pra entender de cara! Gosto de escrever contos e crônicas, são meus gêneros textuais preferidos, posso falar de mim e das pessoas que conheço de um jeito pessoal e informal, da olhada no meu blog (se der) e me diz o que achou dele, por favor! http://anti-poetico.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Isa!

      Muito obrigada por seu comentário. Também adoro ambos os gêneros ♥
      Visitarei sim.

      Até mais.

      Excluir
  8. eeeh parabens me ajudou muito

    ResponderExcluir
  9. Obrigada, ajudou muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Volte sempre que precisar. E quando não precisar, inclusive!

      Abraços

      Excluir
  10. Obrigada!!! Me ajudou muito!!!
    Simples e direta a explicação.

    ResponderExcluir
  11. Muito obrigada, ajudou bastante!

    ResponderExcluir
  12. Muito bom! Essa tabela ajuda muito! Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Heheh, obrigada, Fer!
      Feliz por ter ajudado.

      Abraços.

      Excluir
  13. Respostas
    1. Fico grata por ter gostado =)

      Abraços.

      Excluir
  14. Boa explicação gostei da mesma. Só por curiosidade referindo-se ao gênero conto se enviar um conto curto para vocês é possível que ele seja publicado aqui no site...

    Ramires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ramires!

      Entre em contato através do e-mail oficial do blog: ser-escritora@outlook.com

      Estaremos analisando, e possivelmente pode ser publicado.

      Abraços.

      Excluir
  15. hello hello! parabeeens , seu blog é ótimo, fiz um trabalho que valia 7 pontos e precisava dessa explicação.. espero que esteja tudo certo aqui, meu trabalho foi baseado nessa matéria hahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Hahaha, espero que tire a nota máxima no trabalho =)

      Até mais.

      Excluir
  16. Obrigado por partilhar conosco os estilos de narrativas Conto e Crônica, sempre há alguma confusão por serem parecidos. Só ressalto que na crônica também é utilizada a linguagem coloquial. Adorei o blog, salvo nos favoritos, voltarei! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre existirá uma pequena confusão, rs.
      Obrigada, aguardo suas visitas =)

      Abraços.

      Excluir
  17. E se no lugar de humor fosse ironia, ainda sim seria uma crônica?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria sim. Muitos cronistas utilizam a ironia.

      Até mais.

      Excluir
  18. Boa tarde.
    Gostei muito de seu blog. Estou trabalhando a produção de crônica e conto com alguns alunos e eles estavam tendo dificuldade. Então me utilizei de sua explicação.Parabéns pelo trabalho.
    É muito útil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Fico extremamente gratificada por isto. <3

      Obrigada, e abraços.

      Excluir
  19. Oi, você não me ajudou em nada por sua causa tirei "0" no meu trabalho e reprovei por sua causa Muito obrigado mesmo, sua Criança mal comida, delete esse BLOG porfavor Youtube tira isso fora do ar!!!!
    Se não eu vou processar eles, não quero isso no ar para não ajudar ninguém quero isso no ar para mostrar para o povo brasileiro como a Dilma é corrupta #PtFORA!

    Obrigado pelo desabafo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!

      Bom, caso não tenha reparado na postagem toda, eu deixei alguns links que me ajudaram a fazer esse resumo sobre o assunto.

      E, como o próprio título do blog já sugere, a maioria das postagens do mesmo são voltadas para novos escritores.

      O intuito desta, aliás, era apenas esclarecer uma das maiores dúvidas que recebo de meus leitores por e-mail.

      Quer passar na matéria? Então procure livros didáticos! Ou leia diversas matérias na internet sobre o assunto. Assista vídeo aulas!

      Mas não venha culpar uma pessoa que nem te conhece por você não ter 'passado'.

      Abraços.

      P.S.: Não irei deletar o blog. :)

      Excluir
  20. Ju vc é d+,abraços.

    ResponderExcluir
  21. Bom dia. Não sou escritora, sou somente uma apaixonada por romances. Mas ontem entrei em uma aplicativo e ele me perguntou se eu queria escrever um livro. Nem sei pq comecei, mas comecei. Queria que alguém que não me conhecesse desse uma olhada. Como fiz no estilo do aplicativo, os caos são curtinhos. E nem sei se continuo. É inspirado na minha história, mas com algumas alterações. Você leria, só para me falar oq pensa? Ta bem curtinho, comecei ontem.

    ResponderExcluir
  22. Muito bom seu post, não é a toa que encabeça a lista do google sobre a diferença entre conto e crônica. Adorei como colocou as diferenças num quadro, ajudou bastante! Eu adoro ler crônicas, mas estava em dúvida sobre uma história que estou desenvolvendo e percebi que se trata de um conto. Obrigada!

    http:/www.umavidaemandamento.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Há muita dúvida mesmo sobre isso, a relação entre conto e crônica está cada vez mais tênue, de modo que se torna difícil dizer que "sempre" um gênero terá certa característica e outro não. Parabéns pelo post! Estou estudando sobre isso e a linguagem utilizada aqui é bem clara.

    ResponderExcluir
  24. Há muita dúvida mesmo sobre isso, a relação entre conto e crônica está cada vez mais tênue, de modo que se torna difícil dizer que "sempre" um gênero terá certa característica e outro não. Parabéns pelo post! Estou estudando sobre isso e a linguagem utilizada aqui é bem clara.

    ResponderExcluir